Respiratório, Sistema

(método - idade em que iniciou tratamento - tempo que durou - peso perdido)       Legenda

alergias 
     169. Ana Sofia, Matosinhos, Portugal
   (homeopatia  6 anos  2 dias)
alergias, febre dos fenos
    
29. Eric Cromwell, Ohio   (Aleluia  na  na   86kg)
alergias, gato

     
8. Janet Huhn   (aleluia  na   1 ano  25 kg/25 kg)
alergias, poeira de tapete
      9.  Pat Blasingame, Texas, EUA
alergias, tasna
asma
     
8. Janet Huhn   (aleluia  na   1 ano  25 kg/25 kg)  
brônquios
DPOC (doença pulmonar obstrutiva crónica)
      5. Marilyn de Maine   (aleluia  na   5 sem  15kg)
hipertensão pulmonar
      5. Marilyn de Maine   (aleluia  na   5 sem  15kg)
problemas respiratórios
pulmões com fluido
sinus
      
9.  Pat Blasingame, Texas, EUA
     
168. Carlos L, Portugal  (Homeopatia  na  4 meses)



5. Marilyn de Maine   (aleluia  na   5 sem  15kg)
Ao ler a carta de hoje fico tão grata pelo Estilo de Vida Aleluia. Quero agradecer ao reverendo Malkmus, a você e a Carla e Gail que são os diáconos  da saúde na minha região.
     O médico diagnosticou em mim uma colite ulcerativa quando eu tinha 25 anos de idade. Nesse mesmo ano fui operada a um cancro cervical. As dores eram horríveis e o sangramento no ventre só piorava. Fui muitas vezes hospitalizada e me davam uma dieta exclusiva de líquidos, e isso, por incrível que pareça, ajudava muito, mas depois mandavam-me para casa fazendo uma alimentação padrão americana e voltava a ficar pior. Com os anos os meus remédios aumentavam.
    Em 1994, depois de um ataque de pneumonia os médicos descobriram que eu tinha COPD [DPOC - Doença pulmonar obstrutiva crônica]. Me disseram que a partir desse ponto eu teria que usar máscara de oxigénio. Eu parei imediatamente de fumar (depois de 33 anos fumando como uma chaminé) e entrei numa dieta de emagrecimento. Consegui perder 8 Kg e a partir desse altura parei de usar oxigénio. Além disso comia legumes e ervas no valor de 125 dólares por semana.
    Em 1995 fui hospitalizada e colocada no CTI com psoríase pustular. O meu corpo em 82% da sua área apresentava-se vermelho e inchado exactamente como se fossem queimaduras. Os médicos imediatamente me colocaram sob fortíssimas doses de esteroides IV. Tiraram uma biópsia e descobriram que o mal provinha de esteroides que eu tinha tomado durante todo o ano anterior no tratamento da pneumonia. As perspectivas eram sombrias. Me deram um remédio chamado Tegison que ajudou mas começou a destruir o meu fígado. Além disso enquanto tomava as doses fortíssimas de esteroides a vávula entre o coração e os pulmões rebentou o que causou hipertensão pulmonar. Uma doença que diariamente provoca insuficiências cardíacas congestivas.
    Para poupar tempo, deixe-me dizer que quando soube do Estilo de Vida Aleluia os médicos já não tinham nenhuma esperança de que eu pudesse ficar curada.
Ao fim de cinco semanas no Estilo de Vida Aleluia:
Perdi 15 Kgs.
Não tomo remédio nenhum exceto Lasix para me ajudar a reter água. Eu estava a tomar mais de 18 remédios diferentes.
Não uso mais oxigénio, o que usava 24 horas por dia.
Posso sair a fazer compras e andar, uma impossibilidade há mais de três anos.
Não uso mais inaladores e nebolizadores
Evacuo normalmente sem sangue, sem dor, e como você diz, sem passar a vida entrando e saindo do quarto de banho.
A minha pele é normal sem vermelhidão.
Estas são apenas algumas entre as muitas razões por que eu agradeço diariamente a Deus pelo Estilo de Vida Aleluia – um estilo de vida que realmente me devolveu a vida que Deus queria que eu tivesse.
Obrigada.
Marilyn de Maine
(www.hacres.com/html/mailbag.html, e-mail 5 de Abril de 1998)



8. Janet Huhn   (aleluia  na   1 ano  25 kg/25 kg)  
Em 1993, Janet Huhn mal conseguia respirar. A sua asma crónica que se arrastava há mais de 20 anos estava a piorar, e a cortisona e outros medicamentos não estavam ajudando. Janet inalava a cada 30 minutos para aliviar. “Eu sabia que aquelas coisas não podiam fazer muito bem ao meu corpo”, disse ela.
    Foi aí que ela começou a tomar Barleygreen.
    Depois de usar os produtos AIM durante três semanas, Janet acordou uma manhã sem ter usado o inalador durante a noite pela primeira vez há tanto tempo que ela nem se lembrava. “Essa foi a primeira indicação que algo maravilhoso tinha acontecido”, disse ela.
    Ela começou a ser uma distribuidora de Barleygreen em Novembro de 1993, e no mês seguinte, por altura do Natal, ao visitar a sua cunhada, Janet reparou que já não era alérgica ao gato da família. “Todos ficaram tão impressionados que eu vendi cinco ou seis frascos de Barleygreen à minha família”, disse ela.
    Ao fim de um ano de usar a Dieta Aleluia, Janet estava completamente curada de 25 anos de asma crónica.
    Janet diz que hoje se sente com mais energia do que quando tinha vinte anos. Em 1996, um disco degenerativo na coluna estava causando dores horríveis. Quando experimentou uma sensação invulgar pela perna abaixo foi consultar um quiroprata.  O raio X revelou que o corpo dela tinha fundido naturalmente o disco desintegrado com o disco seguinte. A maior parte das pessoas precisariam de uma operação para isso acontecer.
    A explicação que Janet deu para isto foi a seguinte: “Acho que foi porque eu coloquei a alimentação de Deus, que tem poder curativo, dentro do meu corpo”.
    Embora ela não tivesse entrado na dieta para emagrecer, Janet perdeu 25 Kgs e explica o seguinte: “Isto não é uma dieta para emagrecimento e para ficar mais bonita, mas trata-se do templo do nosso corpo, trata-se de cura, trata-se de saúde. E quando se faz dessa maneira, o emagrecimento vem por acréscimo. O peso simplesmente vai embora.”
    O marido de Janet, Fred, não contesta isso. Sabe, é que ele já sofreu dois ataques de coração desde que Janet iniciou a Dieta Aleluia. Devido aos seus próprios problemas de saúde e porque ele gosta de carne e comida-lixo Fred decidiu tentar a Dieta Aleluia por 90 dias. Desde então, há quatro anos atrás, nunca mais voltou à sua alimentação anterior. Tal como Janet, Fred também perdeu 25 Kgs e deixou de tomar remédios para o coração “com a aprovação do seu médico”.
    Como Janet diz: “é principalmente por ignorância e preguiça que criamos a maior parte dos nossos problemas físicos.”
    Janet contou o seu testemunho numa recente reunião das Women Aglow. A sua mensagem era “Deus quer soldados saudáveis.” Na sua mensagem Janet conta que devemos ser saudáveis em espírito, mente e corpo.
    Uma das nossas mais ativas diáconas de saúde, Janet diz que encontra grande prazer, realização e satisfação pessoal em ajudar pessoas a resolver os seus problemas de saúde.
(Back to the Garden, revista Nº 16 – Inverno/Primavera de 1998)



9.  Pat Blasingame, Texas, EUA
Caro Dr. Malkmus: Uma senhora chamada Janet Pauley contou que vários anos atrás teve um cancro linfático incurável. Mas com uma alimentação de produtos crus acima de tudo e de Barleygreen recuperou a saúde... era como se Deus me estivesse dizendo: “Este é o Meu caminho, é a Minha verdade”. Várias semanas depois disso, o nosso filho mais novo nos entregou um livro que lhe foi dado por um colega. O nome do livro era “O Caminho de Deus para a Saúde Máxima” (God´s Way to Ultimate Health). Convenci a minha filha [que tinha sido diagnosticada com Linfoma Imunoblástico de Células Grandes – um linfoma muito agressivo de rápido crescimento] a mudar para uma alimentação acima de tudo de produtos crus e juntamente com ela nós também mudamos de alimentação.
    Nós tomávamos Barleygreen todos os dias mas ela não aguentava tomar “aquela coisa verde”. Os dois primeiros tratamentos de quimioterapia foram devastadores. A contagem dos glóbulos brancos caiu terrivelmente e certa vez ela teve que ser hospitalizada. Ela sofreu efeitos secundários que nem se falam e teve dores por todo o lado. Dentro de duas semanas notei que a minha fatiga crónica tinha desaparecido. Embora eu estivesse cuidando da casa e da família da minha filha e depois tinha que voltar e cuidar também da minha casa todos os dias, mesmo assim não estava nada cansada. Além disso a minhas dores no túnel cárpeo desapareceram, dor da artrite desapareceu, a psoríase na face foi embora, várias alergias a poeira de tapete desapareceram, e emagreci. O meu marido emagreceu, todos os sinais da artrite dele desapareceram, a sua pressão sanguínea baixou mais de vinte pontos, e todas as sinusites causadas por alergias desapareceram completamente. No mínimo ficamos espantados!
    Justamente antes de começar a sua terceira quimioterapia a minha filha e cunhado mudaram de médico. O novo médico aumentou a dosagem de quimioterapia em 38%. A dose era tão forte que eles acharam que todas as vezes que tomava teria que ser hospitalizada. As previsões eram muito sombrias, menos de 40% de chances de sobreviver. Com isto em mente, comecei a suplicar e a rogar à Kathy que tomasse o Barleygreen. Até pedi a Deus que mudasse as suas papilas gustativas. Finalmente ela concordou em tentar.  Ela iniciou a dosagem aumentada, e desta vez a contagem dos glóbulos brancos permaneceu elevada quase até o final do tratamento. Todas as vezes que ela entrava na clínica com a nova força que ela tinha adquirido eles nem queriam acreditar! Kathy terminou o seu último tratamento em Outubro de 1996.
    Na verdade ela deveria ter feito mais um tratamento, mas achou que o seu corpo já tinha sofrido o suficiente. O médico dela concordou! Em Novembro fizeram uma biópsia à medula e juntamente com as análises, não havia sinal de cancro! Nós louvamos a Deus e damos-Lhe toda a glória por ter sido fiel em nos guiar para a cura! Agora temos os nossos filhos e netos a tomar Barleygreen e isso tem-se tornado um modo de vida enquanto que as alergias são coisas do passado.
(Back to the Garden, revista Nº 16 – Inverno/Primavera de 1998)




29. Eric Cromwell, Ohio   (Aleluia  na  na   86kg)
O Dr. Eric Cromwell vive no Ohio e tem praticado estomatologia há 33 anos. A sua formação inclui um B.S. e um M.S. em farmacologia, assim como um D.D.S. em estomatologia. A sua razão para querer seguir o treino para ministro de saúde: “Ajudar os outros, nomeadamente aqueles com problemas de controle de peso e doenças causadas pela SAD [dieta americana padrão]. Eu estava mórbidamente obeso e ela [a dieta aleluia] foi um sucesso tremendo comigo. Até este momento perdi 86 quilos depois de não ter conseguido perder peso ao fazer os programs Weight Watchers e Optifast três vezes, uma vez o programa Topps e uma vez participei no Centro de Perda de Peso dos Médicos. Outros problemas físicos eliminados pela dieta incluem: artrite, trombose, infecções na pele, alergias, febre dos fenos, e há mais de 11 meses que não tenho que ir ao hospital.”
(Hallelujah Health Tip, edição #189, 5.07.01)







168. Carlos L, Portugal  (Homeopatia  na  4 meses)
(comunicação pessoal Junho 2010)
Assunto: Tratamento Homeopático Sinusite Crónica
Eu, Carlos L. fui operado a aprox. 7 anos devido a uma inflamação nos seios paranasais (sinusite) que não passava. A operação assim como um tratamento, noutro médico com antibióticos durante cerca de 3 anos não resultou.
    Após uma alergia na cara devido aos antibióticos tomados e que outros médicos também tentaram parar a alergia com outros antibióticos que não resultou fui a um homeopata [...] (no Porto) que me tratou de imediato cerca de 2 dias a alergia na cara e depois fiz um tratamento para reforçar as minhas defesas que se encontravam muito debilitadas, e depois outro para resolver a sinusite crónica. (Todos os dias tinha dores de cabeça, expectoração e ranho amarelo).
    Após início do tratamento, de imediato as dores de cabeça desapareceram e progressivamente as minhas condições anímicas voltaram ao normal, embora a expectoração continuava às vezes com pouca quantidade.
    A meio deste tratamento fui chamado ao Hospital Pedro Hispano (Matosinhos) para ser operado (tinha pedido a operação 3 anos e meio antes) e ao levar os TAC’s dos exames anteriores (quando fazia os tratamentos com antibióticos) acharam perante os exames que entreguei que deveria ser operado de urgência. Após me fazerem novo TAC e falar com o médico que me iria operar chegaram à conclusão que com o tratamento homeopático tinha reduzido em cerca de 80% os problemas, pelo que me aconselharam a não ser operado, visto que a 1ª operação também não tinha resultado. Após cerca de 3 / 4 meses a sinusite desapareceu completamente com a continuação do tratamento homeopático.



169. Ana Sofia, Matosinhos, Portugal   (homeopatia  6 anos  2 dias)
(Comunicação pessoal, Julho de 2010)
A minha filha, Ana Sofia, hoje (Julho 2010) com 16 anos, a partir dos 4 anos começou a tossir todos os dias devido a ser alérgica a pelos de animais, pó, ácaros, etc.. Após vários tratamentos convencionais durante dois anos e com vacinas vindas de Espanha, Itália e EUA que pouco melhoraram, leio no Jornal de Notícias que um estudo publicado por uma revista científica médica e feito por várias universidades nos Estados Unidos e Inglaterra tinham concluído que a homeopatia, em casos de doenças alérgicas crónicas e outra que não me lembro, eram mais eficazes em cerca de 80% em relação à medicina convencional a osteopatia com percentagem idêntica na sua área em relação à medicina convencional. A acupuntura nalguns casos específicos, e a medicina convencional indicava também nos casos em que obtrinha melhores resultados. Após ter lido esta notícia marquei consulta no Dr. […] (médico homeopata) que, após me pedir todos os exames que a minha filha tinha feito e julgo que mandou fazer outros, iniciou um tratamento que ao fim do 2º dia a tosse desapareceu, embora todos os anos, na primavera e outono tinha que tomar um medicamento chamado “Histaminium” e outro que não sei precisar como tipo de vacina preventiva para evitar que viesse novamente a tossir. Já deixou de tomar os medicamentos preventivos há cerca de 5 anos.
    Julgo que estes dois casos, o meu [ver doenças respiratórias, caso nº 168] e o da minha filha, são dois casos em que atestam as vantagens da medicina homeopática, assim como tenho lido das vantagens da osteopatia, acupuntura e outras em que seria importante à classe médica portuguesa abrir as suas portas para que os utentes que somos nós, beneficiarmos das suas vantagens.
    Os órgãos responsáveis pela medicina em Portugal deveriam regulamentar e criar condições a estes médicos (desde que devidamente certificados e com curso de medicina) para que as suas especializações fossem um complemento e ajuda à medicina convencional e a todos nós utentes.







Legenda
método:   aleluia = Dieta Aleluia (http://www.hacres.com/)
tempo que durou: sem = semanas
na = dados não disponíveis;












©2017, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional