Metabólicas, Doenças


(método    idade em que iniciou tratamento      tempo que durou      peso perdido)      
Legenda




diabetes
    7. Phyllis Heacock, Alexandria, Virgínia, EUA    (aleluia  na   na   9kg/18kg)
   
13.  Paul Chartier, Massachusetts     (Aleluia   40 anos  1 sem)
   
20. Dianne & Marven Buckley, New Brunswick, Canada (vegetarianismo na 3 sem 20kg)
      28. Barry Balderson, Queensland, Austrália   (Aleluia  na  9 meses   na)
hipoglicemia





7. Phyllis Heacock, Alexandria, Virgínia, EUA
A seguinte ressonância magnética (a décima) mostrou que eu tinha esclerose múltipla. Os médicos não ofereceram nenhuma tratamento a não ser esteroides (com todos os efeitos secundários). Eu achei de deveria haver uma maneira melhor. Comecei a pesquisar na biblioteca sobre tratamentos alternativos para esclerose múltipla e vi que tinha ligação com a alimentação, factores ambientais, etc., foi nesta ocasião que a minha amiga e gerente da livraria da nossa igreja me disse: “Pegue, você precisa disto”, e me emprestou uma cópia do livro “God´s Way to Ultimate Health” (O Caminho de Deus para a Saúde Máxima). Eu li e pensei, “Isto faz muito sentido”.  Comecei imediatamente a mudar a minha alimentação para a Dieta Aleluia, e fez uma diferença incrível. Eu me sinto bem a maior parte do tempo. Tenho muito mais energia. Perdi 9 Kgs. Há mais de um ano que não sei o que é uma Aspirina ou um Tylenol. O meu neurologista achou que eu estava tão bem que perguntou se podia dar o meu telefone a outros pacientes de múltipla esclerose para eu poder lhes explicar o que eu estava fazendo. Dou graças a Deus pelo meu ministério e pelo que tem feito pela minha família.
    O meu marido perdeu 18 Kgs e melhorou a saúde. O meu filho, retardado mental e diabético não muito grave, tem tido um nível de açúcar normal desde que começou a comer a nossa dieta. Quem me dera ter tido conhecimento destas coisas quando estávamos criando os nossos filhos. Teríamos feito as coisas de maneira diferente.
(Back to the Garden, revista Nº 16 – Inverno/Primavera de 1998)




13.  Paul Chartier, Massachusetts     (Aleluia   40 anos  1 sem)
Há uns meses atrás, com 40 anos, o médico me disse que eu tinha diabetes. O nível de açúcar era de 367. Ao fim de uma semana fazendo Dieta Aleluia, o nível de açúcar no meu sangue desceu para normal (90-95) e agora a minha pressão sanguínea também desceu para o nível normal (119/82). Parei de tomar remédios para fazer baixar a pressão e o açúcar e estou livre de drogas – graças a Deus e ao Hallelujah Acres.
(Back to the Garden, revista Nº 18 – Primavera/Verão de 1999)




20. Dianne & Marven Buckley, New Brunswick, Canada (vegetarianismo na 3 sem 20kg)
Caro Dr. George… quero apenas escrever algumas linhas para lhe dizer que desde Junho de 1995 que sigo um estilo de vida vegetariano depois de ter assistido ao seu video. “Como Eliminar a Doença” (How to Eliminate Sickness). O meu marido era diabético e incapaz de manter um bom controle dos seus níveis de açúcar apesar de tomar doses diárias de remédios contra diabete, pressão sanguínea e retenção de líquidos. Ao fim de três semanas sem comer carne, lacticíneos, café, comida de plástico e coisas do género, o nível de açúcar no sangue e a pressão sanguínea desceram para o nível normal. Ele parou de tomar todos os remédios e desde então nunca mais tomou nada. Perdeu 20 Kgs desde que começou o estilo de vida vegetariano, anda uns 5 a 6 Km por dia e tem energia de sobra. Quanto a mim eu tinha excesso de peso, tinha dores de cabeça o tempo todo e tomava Tylenol... Tenho a felicidade de comunicar que as dores de cabeça foram embora ao fim de uma semana. Já não preciso de Tylenol nem nenhum outro remédio. Agora peso o que pesava quando tinha 20 anos. Emagreci 16 Kg em 4 meses. Eu poderia falar e falar deste assunto...
(Back to the Garden, revista Nº 15 – Primavera/Verão de 1997)






28. Barry Balderson, Queensland, Austrália   (Aleluia  na  9 meses   na)
"Em 1991, foi diagnosticada diabetes à minha mulher Betty e foram-lhe imediatamente receitados medicamentos para este problema. Esta situação estava de acordo com o que se passava com o pai dela e com os dois irmãos mais novos, que também tinham sido diagnosticados como diabéticos e medicados. E como diz o velho diagnóstico -- uma vez diabético, sempre diabético.
       "Durante os anos seguintes, a saúde de Betty deteriorou-se gradualmente e os seus medicamentos foram aumentados em conformidade. A seguir foi a vez de a tensão arterial se tornar um problema para o qual foi também medicada, sem esperança de se vir a curar de qualquer dos problemas no futuro. Depois apareceram outros problemas físicos e, olhando para trás, é evidente que os medicamentos contribuíram de certa forma para estes novos problemas.(     "Em Outubro de 2000, um grande amigo emprestou-nos o vosso vídeo, "How to Eliminate Sickness", e o vosso livro, "God's Way to Ultimate Health". Há anos que estávamos interessados em informações sobre saúde num esforço para melhorar a nossa saúde e o nosso estilo de vida pessoal e, depois de vermos o vídeo e de esquadrinharmos o livro, as coisas começaram a encaixar-se.(     "A minha mulher, Betty, adoptou a Dieta Aleluia com a atitude de que devia experimentar, uma vez que não tinha nada a perder. A profissão médica estava a tentar colocá-la na via da insulina e ela estava a tentar evitá-la, embora já estivesse a tomar onze (11) comprimidos por dia para a diabetes e fizesse testes diários aos níveis de açúcar no sangue.
     "Ao fim de algum tempo no novo estilo de vida, começou a reduzir a medicação e, na quarta-feira passada, teve alta da clínica de diabetes do hospital local por já não necessitar de ser monitorizada, não tomando actualmente nenhuma medicação para a diabetes. Os seus valores de açúcar no sangue estão normais e o seu peso baixou significativamente. As amigas de Betty repararam que ela tem muito melhor aspecto agora do que tinha há um ano. Além disso, tem muito mais energia e consegue fazer coisas que achava difíceis, mesmo no início deste ano.
     "Não é costume ouvir as pessoas dizer que foram expulsas da clínica de diabetes porque já não cumpriam as normas exigidas para o tratamento -- mas temos provas de que vale a pena mudar de estilo de vida para usufruir de uma boa qualidade de saúde.
     "Até eu beneficiei da mudança de estilo de vida. Desde que adoptei a Dieta Aleluia, consegui inverter um problema de peso sempre crescente e já uso roupa que estava destinada a ficar pendurada no armário. O meu cinto desceu três furos e vai a caminho do quarto (mas descobri o outro dia que o próximo furo nem sequer existe)."
     "A Betty e eu incentivamos todos aqueles que tenham um problema médico de qualquer tipo (e também aqueles que não o tenham) a pelo menos experimentarem o estilo de vida Aleluia. Não têm nada a perder excepto as idas constantes ao médico e algumas poupanças no supermercado. (     "Obrigado a todos na Hallelujah Acres! Vocês fazem verdadeiramente a diferença nas vidas das pessoas com a vossa investigação e o vosso serviço a Deus e ao Seu povo. Sei que muitas pessoas continuarão a resistir à mensagem da saúde, mas também há tanta gente que só está à espera da informação certa. Tencionamos ajudar a promover a informação e partilhar o nosso sucesso com o máximo de pessoas que conseguirmos. Mas é evidente que a decisão final é delas.
     "Regozijamo-nos agora por a Betty já não estar a tomar medicamentos para a diabetes. A sua situação inverteu-se em pouco mais de nove meses. Gostaríamos de vos agradecer e de vos incentivar. Cumprimentos e obrigado! P.S. Há alguma possibilidade de orientarem outro seminário de Health Ministers na Austrália no futuro? Estaríamos muito interessados em comparecer."((Hallelujah Health Tip, edição n.º 193, 2.08.01)





Legenda
método:   aleluia = Dieta Aleluia (http://www.hacres.com/)
tempo que durou: sem = semanas
na = dados não disponíveis

















 

©2017, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional